Latest Posts

Sorry, no posts matched your criteria.

Stay in Touch With Us

Odio dignissim qui blandit praesent luptatum zzril delenit augue duis dolore.

Email
[email protected]

Phone
+32 458 623 874

Addresse
302 2nd St
Brooklyn, NY 11215, USA
40.674386 – 73.984783

Follow us on social

Confira o top 5 de closes errados dos famosos nos últimos tempos

Os famosos estão sempre em destaque, então quando o close é errado a queda é bem alta. Fizemos uma lista dos artistas que se envolveram em polêmicas recentemente e sofreram o famoso cancelamento. Confira:

5 – MC Gui

Ontem (21), o funkeiro teve seu nome entre os assuntos mais comentados do dia após fazer um vídeo rindo de uma menininha na Disney. Ele foi acusado de praticar bullying e foi criticado nas redes por expor a menina, que parecia estar desconfortável em ser gravada. Como consequência, MC Gui teve shows e contratos comercias cancelados.

Ele gravou um vídeo se desculpando e afirmando que sua intenção não era zombar de ninguém, que ele apenas havia feito o vídeo porque ela parecia com uma personagem na Disney.

4 – Julio Cocielo

Durante a Copa do Mundo de 2018, o youtuber fez um tweet infeliz e racista sobre o jogador da seleção francesa, Kylian Mbappé. Vários internautas chamaram a atenção para a gravidade da situação e encontraram vários outros tweets de Cocielo com conteúdos racistas, gordofóbicos e misóginos. O youtuber perdeu contratos comerciais, incluindo o da Coca Cola, por conta de suas atitudes. Além disso, o Ministério Público de São Paulo pediu que ele fosse condenado a pagar uma multa de R$ 7 milhões por dano social coletivo causado por seu tweet.

Após toda a repercussão, Cocielo gravou um vídeo pedindo desculpas e afirmando que no passado falava muitas coisas em que não acredita mais. Ele também deletou mais de 50 mil tweets, por conta de conteúdos problemáticos.

Comentário de Júlio Cocielo sobre Mbappé foi criticado por internautas — Foto: Reprodução/Twitter

3 – Nego do Borel

O cantor afirmava ser um defensor da diversidade e chegou a lançar um clipe em que beijava um homem. Porém, as atitudes de Nego do Borel foram controversas e consideradas pink money (que é quando um artista se apropria da causa LGBTQ+ apenas para lucrar). Após postar uma foto em seu Instagram, Luisa Marilac, mulher transsexual conhecida pelo vídeo dos “bons drink”, comentou com elogios e Nego do Borel respondeu com ofensas transfóbicas. Confira abaixo:

Essas ofensas aconteceram às vésperas da gravação do DVD do cantor. Ludmilla e Luisa Sonza decidiram cancelar suas participações por conta do caso. Logo após a gravação foi cancelada e aconteceu apenas meses depois.

Além da polêmica com Luisa Marilac, Nego do Borel também já foi condenado na Justiça por danos morais e teve que pagar R$20 mil a Wellington Gomes, motorista da Uber, após fazer um vídeo em que estaria “zoando” o profissional. O motorista alegou que o funkeiro o insultou e zombou durante uma corrida pelo aplicativo, filmando toda a situação, que ele definiu como “vexatória e humilhante”. As filmagens usadas para provar a atitude do cantor foram apagadas do Youtube após o processo e salvas apenas pelo réu, que ganhou na Justiça, conseguindo comprovar a atitude do funkeiro.

2 – Carlinhos Maia

Carlinhos Maia já se envolveu em muitas polêmicas, a primeira foi quando anunciou seu casamento com Lucas Guimarães. Na ocasião o instagramer declarou que, apesar de ser gay, jamais seria visto usando saia, shortinho, salto alto e batom.  “Não julgo, cada um faz o que quer e é feliz. Mas eu sou um gay que gosto de ser homem“, disse Carlinhos. Dias após essa declaração ele ainda afirmou que seu casamento não era um casamento gay e sim uma “união entre dois caras”. A comunidade LGBTQ+, da qual ele faz parte, não gostou das declarações por se tratar de um discurso com base homofóbica e que diminui pessoas que são partes dessa comunidade.

Às vésperas de seu casamento, começaram a surgir boatos de desentendimentos entre Carlinhos e amigos próximos, como Whindersson Nunes, que estava cotado para ser padrinho, e Simone, da dupla com Simaria. As brigas teriam sido motivadas por uma soberba da parte do Instagramer. Em seu Twitter Whindersson contou que sofreu com Carlinhos nas gravações que fizeram juntos para a série. “Os Roni”

“Eu disse a ele que não fui pq não me sentia bem em ser padrinho de casamento do cara por causa do jeito que ele me tratava, como eu vou ser padrinho de quem eu mal conheço, o cara me bloqueia, não me da o direito de conversar e me difama na tv”, declarou Whindersson.

Toda essa polêmica entre Carlinhos e Whindersson aconteceu no período em que o humorista estava passando por uma depressão. O instagramer, inclusive, curtiu um comentário que zombava da doença do Youtuber.

Você será o primeiro quando entender o que é ser um. pic.twitter.com/pWkzupLRAA

Depois que essa situação havia esfriado, Carlinhos fez mais uma declaração polêmica em seu Instagram, criticando adolescentes que tentam o suicídio. “Você acha mesmo que na primeira vez que você tentasse… eu vejo meninos aqui com 16 anos me mandando ‘eu quero me matar’. Vai, ô imbecil, vai se matar porque você nem começou a vida ainda”, disse ele, em uma fala infeliz.

1 – MC Biel

O funkeiro, que estava com a carreira em ascensão e com muitas músicas bombando, foi acusado por assédio sexual por uma repórter do Portal IG, a profissional afirmou que Biel utilizou de palavras como “gostosinha” para se referir a ela. Além disso, quando questionado sobre sua idade, ele respondeu que isso não importava e ainda disse: “se te pego, te quebro no meio”. Gravações e testemunhas comprovam que o assédio aconteceu em diversos outros momentos da conversa.

O caso foi muito repercutido e Biel sofreu as consequências de suas ações: ele teve o convite para carregar a tocha olímpica suspenso, contrato com a Coca-Cola cancelado, assim como várias aparições na TV Globo, uma de suas músicas foi até temporariamente suspensa da programação do canal.

Com a exposição do caso, uma outra repórter do Portal da Música foi à público declarar que também sofreu assédio do MC. O funkeiro pediu desculpas em um vídeo, mas já era tarde, ele já estava queimado e entre o hall dos cancelados.

Biel não parou por aí, após ter a carreira fracassada, se mudou para os Estados Unidos em busca de redenção, mas não foi bem isso que aconteceu. Ele se viu nos holofotes novamente com mais uma polêmica misógina, Biel agrediu Duda Castro, sua então esposa. No caso, vazou um vídeo em que Duda atirava um copo de vidro no cantor. O desfecho se deu com Duda expondo o relacionamento conturbado dos dois e o denunciando por assédio e agressão.

Após a denúncia, outras três mulheres foram a público contar que também haviam sido vítimas do cantor entre os anos de 2015 e 2016, auge da carreira de Biel.

Além de tudo isso, o MC também já deu declarações racistas em seu twitter, confira abaixo:

Dois tweets de Biel, comentando: "Bom dia negros fedidos :D" e "A racismo começa apartir de que nuvens pretas são pra dias ruins e chuvosos, e nuvens brancas são para dias bons e ensolarados".

Os closes errados acima e tantos outros servem de exemplo do que não devemos fazer, afinal, essas atitudes são, inclusive, criminosas.

 

 

You don't have permission to register