Latest Posts

Sorry, no posts matched your criteria.

Stay in Touch With Us

Odio dignissim qui blandit praesent luptatum zzril delenit augue duis dolore.

Email
[email protected]

Phone
+32 458 623 874

Addresse
302 2nd St
Brooklyn, NY 11215, USA
40.674386 – 73.984783

Follow us on social

Capixabas que participaram de realities musicais contam experiências e dão recado para candidatos do Palco Litoral

Nesse estado de tamanha diversidade e riqueza cultural, o que não falta são talentos espalhados por todo o Espírito Santo. Por isso, sempre tem capixabas se destacando em concursos de música Brasil afora e em diferentes estilos musicais. Mariana Coelho e a Banda Macucos são apenas alguns desses artistas que nos enchem de orgulho e tem muito para ensinar.

Com 20 anos de estrada, o grupo de reggae de Vila Velha participou do programa SuperStar, da TV Globo, em 2014. Fred Nery, vocalista, conta que foi uma grande experiência ter feito parte da competição.

“Pudemos trabalhar com profissionais de altíssimo nível, com quem sempre sonhávamos. Vimos reunidos vários produtores que a gente admirava bastante. Teve também a questão de visibilidade, de tocar uma música autoral em rede nacional, que foi a ‘Além do Mar’”, lembra Fred.

O integrante da Macucos diz ainda que o convívio e o intercâmbio com as outras bandas foi muito rico e outro legado do reality foi poder levar  shows da banda a vários lugares do Brasil. “Uma dica que dou aos participantes do Palco Litoral é aproveitar o intercâmbio com outros artistas, pois a disputa só faz elevar o nível de qualidade. A competição também dá sagacidade de saber escolher a canção e investir todo seu potencial em uma interpretação para impressionar os jurados. “

Semifinalista do The Voice Brasil

Mariana Coelho participou do reality na edição de 2017 e chegou até a semifinal. Segundo ela, o programa mudou completamente sua carreira e sua vida. Um dos marcos foi o aprimoramento das habilidades artísticas e a certeza de que gostaria de seguir na música.

“O The Voice abriu as portas para mim no meio musical. Antes, não trabalhava e não tinha experiência na área. Havia feito algumas apresentações em casamentos e na igreja, mas poucas pessoas sabiam que eu cantava. Depois que eu entrei, vi o quanto gostava de música e me desenvolvi, passei a ter postura de palco e fui perdendo a vergonha de mostrar quem era”, conta.

Uma das dicas de Mariana, que também é compositora e já tem três títulos de sua autoria, é que os cantores sempre busquem aperfeiçoamento. “É importante que o artista saiba de suas facilidades e dificuldades e, assim, possa correr atrás e aprimorar aquilo que acha que não está bom, o que mais faz falta nele. O importante é se desenvolver sempre e nunca desistir, porque uma hora acontece.”

You don't have permission to register