Latest Posts

Sorry, no posts matched your criteria.

Stay in Touch With Us

Odio dignissim qui blandit praesent luptatum zzril delenit augue duis dolore.

Email
[email protected]

Phone
+32 458 623 874

Addresse
302 2nd St
Brooklyn, NY 11215, USA
40.674386 – 73.984783

Follow us on social

The Voice Kids: Veja tudo o que rolou no segundo dia das audições às cegas

O segundo dia de Audições às Cegas do The Voice Kids Brasil deste domingo (13) contou com a participação de 14 baixinhos. Confira um resumo sobre as apresentações:

O programa começou com a participação do paulista Alex Novais, de 11 anos, cantando “O Portão” do rei Roberto Carlos em parceria com Erasmo Carlos. O jovem chamou a atenção pelo timbre da voz e os estilo. Estilo que vai além da musicalidade. Alex tem os cabelos no estilo de Chitãozinho e Xororó, o que causou muitos elogios. Todas as cadeiras viraram no finalzinho da música e o escolhido foi Carlinhos Brown.

Lívia Valéria, de 12 anos, da Paraíba, fez as técnicas Simone e Simaria virarem as cadeiras e se empolgarem após ela cantar a música sertaneja “O Erro Sou Eu”. Simone nos bastidores comentou que “a voz dela é maior que ela, ela grande. Ela é uma artista sensacional”.

Direto de Petrolina, em Pernambuco, para o The Voice, Ana Raiz, de 10 anos, impressionou Claudia Leitte de primeira, mas ao fim da música, Brown e Simone e Simaria não resistiram a voz doce da gatinha. Ela cantou “Felicidade” e escolheu Simone e Simaria como técnicas!

Cearense de 11 anos, Gio Souza interpretou “Promete”, mas não conseguiu passar para a segunda fase do programa. Cláudia Leitte disse algumas palavras de conforto para a baixinha: “Você tem 10 anos, essa foi uma oportunidade, outras virão na sua vida. Eu espero que você tenha crescido um pouquinho mais com essa experiência aqui. A gente sentiu uma emoção forte te ouvindo cantar”.

De volta aos anos 60, o sucesso “Banho de Lua” foi a escolha da carioca Laurah Pessanha, de 10 anos. A apresentação animada e com direito a dancinha causou empolgação na plateia. Cláudia virou a cadeira para a alegre Laurah, que passou para a segunda fase!

Já o paulista Luis Henrique Alves, de 13 anos, mudou um pouco o ritmo da competição e cantou o sucesso “Papel Machê”. Com uma voz suave e falhada, fez Carlinhos Brown virá logo na primeira nota. Em seguida, Claudinha também não resistiu. Simaria queria virar logo a cadeira, mas Simone quis fazer suspense e esperou até o fim para finalmente virar. Brown elogiou o talento do rapaz e concluiu falando da autenticidade que ele deu a música e foi o escolhido pelo Luis.

Uma das músicas pop mais tocadas de 2018, “Havana”, foi cantada pela paulista Lanna Moutinho, de 9 anos. Ela fez Cláudia virar a cadeira e vai completar o time da baiana!

Beatriz Freitas apostou no sertanejo e cantou “Caipira”. Ela encantou Carlinhos Brown e entrou para o time dele.

Ainda no ritmo do sertanejo, a cearense Iádira Maria, de 13 anos cantou “Dona Maria”, mas não continuou na competição.

A candidata Giulia Levita, de 12 naos, cantou “Corazón Partido” e virou todas as cadeiras. A artista contou que já morou em muitos países latinos e fala fluente a língua. Guilia escolheu Claudia Leitte como técnica.

Do espanhol para o inglês, Camila Woloszyn, de 10 anos, veio do Rio Grande do Sul e encantou o jurados com “Think Of Me”, o sucesso da peça Fantasma da Ópera. Simone e Simaria viraram as cadeiras para Camila, que agora compõe o time das coleguinhas.

Duda Soares, carioca de 11 anos, animou a plateia com “Final Feliz”. Uma voz forte e com personalidade, a gatinha falou que sua paixão na música é o MPB. Brown virou a cadeira e ganhou mais uma em seu time.

Com apenas 11 anos, Nicolas Gabriel impactou cantando “Mala” e fez todos os jurados virarem a cadeira. Mas o amor pela música sertaneja fez Nicolas levar as coleguinhas na mala com ele!

Para finalizar o segundo dia de audições às cegas, a carioca Cacá Nascimento, de 11 anos, levou os jurados a loucura com um sambinha. Cacá será uma das interpretes do desfile deste ano da escola de samba do Rio de Janeiro, Estação Primeira de Mangueira. Ela recebeu muitos elogios e acabou escolhendo Claudinha como técnica.

You don't have permission to register