Latest Posts

Sorry, no posts matched your criteria.

Stay in Touch With Us

Odio dignissim qui blandit praesent luptatum zzril delenit augue duis dolore.

Email
[email protected]

Phone
+32 458 623 874

Addresse
302 2nd St
Brooklyn, NY 11215, USA
40.674386 – 73.984783

Follow us on social

Ludmilla é vitima de racismo durante Prêmio Multishow e é defendida por Anitta e outros famosos

Ludmilla saiu vitoriosa do Prêmio Multishow 2019, como uma das mais premiadas da noite e a primeira mulher negra a receber o prêmio de “cantora do ano”. Mas a noite não foi toda de alegrias, a cantora mostrou em seu Instagram que foi vítima de um ataque racista após ser anunciada como vencedora da categoria.

Ela foi chamada de “macaca” por alguém na plateia e ela fez um desabafo em seus stories: “Não sabemos quem foi a pessoa exatamente. Cara, até quando isso? Olha, as coisas para mim – e acho que para a maioria dos brasileiros – nunca foram fáceis. Com preconceito e julgamentos pelo tom de pele, vocês só complicam as coisas. A vontade de me diminuir é tanta que não pensam nas consequências dos seus atos. Eu só queria deixar bem claro para vocês, racistas, que além da justiça ser lenta aqui e as pessoas praticarem racismo comigo ainda não terem sido punidas, isso não significa que a cobrança nunca vai chegar ou que ela está longe disso. Ainda bem que eu tenho um Deus e uma família que não me deixam desmoronar diante dos racistas. A cobrança de vocês uma hora vai chegar”, escreveu Ludmilla.

Mais tarde, a funkeira fez outra declaração em seu instagram, dizendo que independente de qualquer coisa ela merece ser respeitada. “você não é obrigado a curtir meu som ou muito menos a minha história. Mas você é OBRIGADO a respeitar o próximo”, afirmou Ludmilla.

O autor do crime de racismo ainda não foi identificado, o canal Multishow se posicionou contra as atitudes racistas em uma nota de repúdio. “O Multishow repudia qualquer tipo de discriminação e lamenta esse fato em meio a um prêmio de música que preza pela diversidade e pela diversão”, escreveu a assessoria em nota oficial.

Vários famosos saíram em defesa da cantora, Preta Gil também já sofreu racismo e ficou muito emocionada com o discurso de Ludmilla ao receber o prêmio de cantora do ano. “Qualquer ato racista é repugnante. Eu tenho pena dessas pessoas e espero que um dia despertem para o mal que causam de maneira gratuita e odiosa. Ludmilla é uma vencedora e tem meu respeito, carinho e amizade”, disse Preta.

Para MC Rebecca, é inacreditável que Ludmilla tenha sofrido racismo “escancaradamente, na presença de centenas de pessoas”. “Imagine o que não acontece, então, em situações menores e nas redes sociais, onde muitas pessoas se escondem atrás de celulares para manifestar ódio e racismo?”, questiona a funkeira, “ninguém é obrigado a gostar do trabalho da Ludmilla ou de nenhum outro artista, mas respeitar é sim uma obrigação de todos”.

Anitta também se manifestou em defesa de Lud, as duas não estão em bons termos após divergências profissionais mas mesmo assim a poderosa se manifestou. Ela não citou nomes, porém é possível ligar o comentário a situação.

You don't have permission to register